Como escolher o melhor LMS?


Muitos profissionais enxergam o LMS - Learning Management Systems como uma ferramenta essencial. Ajuda a criar, implantar o treinamento e desenvolver os colaboradores. No entanto, para obter todos esses benefícios de um Sistema de Gestão de Aprendizagem, os profissionais devem encontrar aquele que oferece os recursos de que necessitam e a funcionalidade ideais. Aqui estão algumas dicas que podem ajudar a escolher o melhor Learning Management System para os seus projetos de e-Learning.

Compatibilidade com o padrão SCORM

Imagine duas engrenagens de um relógio girando em perfeita sincronia para que a hora esteja sempre certa. Agora, pense que uma das engrenagens seja seu LMS (Learning Management System), a outra seja o curso e-Learning e o resultado disso seja um sistema de treinamento funcionando em perfeita ordem, sem imprevistos, com os funcionários aprendendo e aumentando a produtividade.

Para que essas engrenagens girem em perfeita sincronia, elas foram moldadas pela ferramenta correta. No e-Learning, essa padronização que permite ao LMS carregar o curso e que permite ao curso ser interpretado pelo LMS é o padrão SCORM.

A adoção do padrão SCORM (Sharable Content Object Reference) no LMS e nos cursos no formato e-Learning tem como principal benefício a interoperabilidade, ou seja, a padronização técnica que garante a correta comunicação entre cursos on-line e o LMS (Learning Management System).

Integração com um sistema de gestão de desempenho

É muito importante que o LMS possa ser integrado com outros módulos, como por exemplo, gestão de objetivos, desempenho, competências, sucessão e carreira. Isso possibilita a administração de programas de aprendizado online, presenciais e/ou combinados (blended); a alocação e o gerenciamento de recursos de treinamento (salas, equipamentos, instrutores); o acompanhamento de objetivos quantitativos e qualitativos; o mapeamento das competências para posições/funções críticas na organização; o estabelecimento de planos individuais de carreira com visualização dos “caminhos”, etapas e competências a desenvolver pelo colaborador.

Suporte de vídeos com bitrate adaptativo (vídeo streaming)

Treinamentos podem ser feitos por meio de vídeos, e com o avanço tecnológico, os arquivos estão cada vez mais pesados, por ter uma resolução maior. Um LMS que suporte vídeos que se adaptam de acordo com a velocidade de conexão do usuário é fundamental, pois possibilita assistir ao treinamento sem interrupções e sem problemas de conexão.

Criação e publicação de avaliações

Outro recurso interessante para levar em conta na hora de escolher um LMS, é um sistema que permite autoria e a publicação de avaliações de conhecimentos ou de reação, por profissionais sem conhecimentos de programação. Isso permite a criação de questões de diferentes tipos, como por exemplo dissertativa, múltipla escolha, escolha simples, facilitando muito na hora de avaliar os colaboradores.

Acesso do treinamento em tablets e smartphones

Muitos usuários de LMS não tem tempo e disponibilidade para realizar o treinamento no escritório, especificamente em frente a um computador. Os tablets e smartphones muitas vezes substituem os computadores em diversos aspectos. Com o treinamento não deve ser diferente.

É necessário que o colaborador tenha a opção de acessar cursos, avaliações e biblioteca de arquivos e vídeos diretamente do celular ou tablete. Isso contribui ainda mais para o aumento da performance e do desenvolvimento.

Foi pensando em todas as características citadas no artigo acima, que a MicroPower desenvolveu o Performa

Ele foi desenvolvido com base na experiência acumulada pela equipe de desenvolvimento e consultoria da MicroPower ao longo de centenas de implementações de projetos, no Brasil e no exterior, envolvendo sistemas para a gestão de processos de desempenho e aprendizagem). Além disso, ele apresenta um conceito inovador, que permite a utilização de múltiplos portais e múltiplos domínios. Essa característica possibilita a segmentação do ambiente por critérios variáveis de acordo com as necessidades e os objetivos de cada cliente. 

Entre em contato com nossos especialistas e veja como nosso LMS pode ajudar em seu treinamento! 
Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

LMS: Por que adotá-lo em sua organização?


Os termos e-Learning e treinamento online tornaram-se sinônimo de uma cultura de aprendizagem que coloca a sala de aula em um computador, laptop, tablet e smartphones. Muitas organizações adotaram um LMS, a fim de garantir o aumento da performance do colaborador e o cumprimento dos treinamentos. 
Ter um sistema para distribuir cursos on-line é benéfico por muitas razões, que serão explorados neste artigo. 

1. LMS funciona em diferentes segmentos.
O grande diferencial do LMS é que ele permite que todos os tipos de empresas realizem o treinamento a distância, com uma grande variedade de cursos criados para atender às diferentes necessidades. Por exemplo, as empresas que armazenam materiais em tanques subterrâneos precisam garantir que os funcionários estão de acordo com as regulamentações ambientais que variam de estado para estado. Outras organizações podem querer treinar seus colaboradores sobre os conceitos básicos de algum software, as questões de segurança, e muitos outros temas. Não existe qualquer setor comercial que não irá beneficiar de um treinamento online. Em breve, toda a aprendizagem corporativa terá lugar online.

2. Organizações de qualquer tamanho podem se beneficiar de um LMS
Outra vantagem de usar LMS é que ele não requer uma organização de um determinado tamanho. Não importa quantos funcionários precisam ser treinados. Se você começar o treinamento de 25 funcionários, em seguida, passar para treinar 2.500, a mesma plataforma que distribuiu o treinamento para os 25 serão capazes de lidar com 2.500. O LMS é uma ferramenta inestimável e única.

3. O LMS pode resolver uma infinidade de problemas
Outra característica conveniente de um Learning Management System é que ele pode gerenciar todo tipo de treinamento. Você não tem que investir em um tipo de treinamento de cada vez; você pode ter muitos tipos de cursos na mão para atender às necessidades de diferentes departamentos. Por exemplo, funcionários do departamento de Recursos Humanos podem estar sendo treinados, enquanto o departamento de contabilidade está fazendo outro curso, ao mesmo tempo. Em seguida, cada funcionário pode participar de cursos de comportamento adequado no local de trabalho, por exemplo. As possibilidades são infinitas, dando aos funcionários oportunidade de aumentar seus conhecimentos e habilidades em uma variedade de temas, melhorando a performance. O treinamento à distância é o complemento perfeito do funcionário de qualquer empresa.

4. O LMS reduz deslocamentos e custos
Muitos colaboradores não estão interessados em viajar para fora do local de trabalho para receber treinamento. O LMS permite que os funcionários realizem o treinamento no próprio local de trabalho, reduzindo custos e tempo perdido em viagens longas e estressantes.

5. Fácil acesso à Internet 
A tecnologia tem colaborado quando se trata de aprendizagem. Todos nós temos acesso à internet, o que significa que todos nós podemos ter acesso ao treinamento à distância. Outra característica valiosa de um LMS é que os cursos podem ser acessados de qualquer lugar, não apenas no escritório. Internet de alta velocidade está presente na maioria das casas de hoje, e até mesmo com internet móvel (3G, 4G). Muitas empresas aderem ao home-office, e o LMS pode atender muito bem esses colaboradores também.

O MicroPower Performa (desenvolvido com base na experiência acumulada pela equipe de desenvolvimento e consultoria da MicroPower ao longo de centenas de implementações de projetos, no Brasil e no exterior, envolvendo sistemas para a gestão de processos de desempenho e aprendizagem) apresenta um conceito inovador, que permite a utilização de múltiplos portais e múltiplos domínios. Essa característica possibilita a segmentação do ambiente por critérios variáveis de acordo com as necessidades e os objetivos de cada cliente. 

Com a versão mobile, o Performa passa a ser uma ferramenta completa, que possibilita aos colaboradores acessarem cursos EAD, materiais publicados na biblioteca de sua organização e informações referentes a treinamentos presenciais por meio de tablets ou smartphones com os sistemas operacionais Android e iOS.

Para saber mais, entre em contato com nossos especialistas!
Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Os benefícios do mobile learning no treinamento

Veja como engajar os colaboradores a realizar treinamento, aumentar a taxa de retenção, aumentando a produtividade

O aumento da quantidade de dispositivos móveis está mudando muitos aspectos de nossas vidas, de como nós trabalhamos e como aprender a se comunicar. Na verdade, o aumento de dispositivos inteligentes, como celulares e tablets já provocou uma revolução na aprendizagem móvel. E há ampla evidência de que as plataformas móveis trazem uma infinidade de benefícios de aprendizagem.

A ascensão da Geração Y

Uma geração mais jovem está entrando no mercado de trabalho – a Geração Y. Essa geração representará 50% dos trabalhadores em 2020. Esses funcionários querem se comunicar e aprender em smartphones e tablets.

A mudança nos padrões de aprendizagem

Pesquisas mostram que os colaboradores são mais propensos a fazer o treinamento em e-Learning se o conteúdo foi dividido em diversas lições mais curtas. Eles preferem vídeos, podcasts, áudio, que os mantém envolvidos em um ambiente de aprendizagem.

Os dispositivos móveis são as plataformas perfeitas para vídeos mais curtos, de qualquer lugar e em qualquer momento.

Os principais benefícios de aprendizagem móvel são:

Flexibilidade  flexibilidade de aprendizagem on-line, eliminando a necessidade de um horário definido. O colaborador pode usar seu smartphone para assistir um vídeo, em qualquer lugar, não havendo a necessidade de estar na frente do computador.

Melhor taxa de retenção – O treinamento realizado em dispositivos móveis é projetado para criar entrosamento, o que leva a conclusão do curso e aumenta o aprendizado do colaborador. Podem ser usados vídeos interativos, games, fugindo do padrão de treinamento convencional.

Comunidades de aprendizagem online (redes sociais corporativas) – As pessoas gostam de compartilhar e aprender em grupo. Tenha isso em mente ao elaborar um curso, pois você precisará criar também experiências de aprendizagem social; maneiras de conectar seus colaboradores para transmitir conhecimento e estimular a troca de experiências, seja por uma rede social corporativa, como o OpenMind, seja por outras redes populares abertas ao público em geral.

Aprendizagem em diversos dispositivos – O treinamento dos colaboradores deve ser conveniente. É importante que os cursos em eLearning estejam disponíveis em todos os dispositivos: PCs, laptops, tablets e smartphones.

Melhor desempenho - Os colaboradores preferem métodos de aprendizagem que não atrapalhem suas rotinas diárias. O treinamento deve ser feito de uma maneira fácil, com um acesso rápido, no local de trabalho. O resultado é a criação de um hábito de aprendizagem, com aumento no desempenho do colaborador.

Conheça o Performa Mobile, a solução da MicroPower para treinamento em dispositivos móveis. Seus colaboradores podem ter acesso facilitado a treinamentos, avaliações e biblioteca de arquivos, o que irá contribuir ainda mais para o aumento da performance e do desenvolvimento humano. Isso porque com a flexibilidade e a facilidade de acesso, o time poderá acessar os conteúdos por seus smartphones e tablets a qualquer hora e de qualquer lugar. Para saber mais informações sobre o MicroPower Performa Mobile, entre em contato com nossos especialistas.

Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Microlearning: como criar cursos usando vídeos interativos


Muitos nutricionistas dizem: “o correto é comer de 3 em 3 horas ao invés de apenas 3 grandes refeições”.  No cenário da aprendizagem não é diferente. Uma “overdose” de conteúdo pode sobrecarregar os colaboradores em treinamento.

Pessoas são mais propensas a optar por algo que é menos demorado e cumpre suas necessidades de aprendizagem. Profissionais perceberam isso e estão a explorar diferentes formas e formatos de microlearning para alavancar o poder de "menos é mais". Nesse artigo mostraremos como você pode usar vídeos interativos para treinamento em microlearning para o treinamento formal, como uma ferramenta de suporte de desempenho.

O que é microlearning?
O microlearning foca na aprendizagem curta (geralmente 3-5 minutos ou mais curto), e é projetado para atender a um resultado de aprendizagem específica. Ele pode ser usado para oferecer treinamento, com foco em ganho de desempenho.

Normalmente concebidos e entregues em formatos de vídeos e áudio, é uma abordagem que oferece treinamento rápido, disponível em vários dispositivos, inclusive móveis. Todos estes aspectos garantem que o treinamento seja atualizado e acessado de forma rápida.

O microlearning pode ser usado de forma muito eficaz para criar experiências de aprendizagem, lançando assim a "Curva do Esquecimento" para uma "Curva de Retenção".

Vantagens da utilização da abordagem baseada em vídeo interativo
Esta solução é direcionada aos colaboradores que estão sempre se deslocando da empresa, em viagens e dependem de seus dispositivos móveis para as suas necessidades de treinamento. 

Os vídeos são um formato altamente envolvente e de alto impacto. A maioria dos colaboradores da “Geração Y” prefere aprender através de vídeos. No entanto, a passividade do vídeo pode não ser totalmente efetiva.

Este problema pode ser superado pelo formato de vídeo interativo, que transforma a passividade à atividade de aprendizagem. Ele permite que a pessoas em treinamento tenha que interagir com o vídeo, dando aos alunos uma experiência personalizada. Isso garante que todos estejam envolvidos, reduzindo a possibilidade de dispersão e falta de interesse no conteúdo.

A MicroPower desenvolveu duas soluções para o uso de vídeos interativos nos treinamentos. O Video4Performance e MicroPower Media Services. A primeira tem como diferencial a criação de vídeos interativos, com estratégias personalizadas.

Já o MicroPower Media Services foi desenvolvido para o armazenamento e compartilhamento de arquivos. Ele possibilita a gestão e a distribuição de vídeos com streaming adaptativo à velocidade de conexão do usuário e o suporte aos principais protocolos de streaming existentes hoje no mercado, entre eles, RTMP, HTTP Streaming (RTMPT, HDS, HLS e HTML5 – Pseudo Streaming), podendo ser usado para outros fins como lançamento de produtos, distribuição de conteúdos no formato de áudio, bem como o download de documentos genéricos, comunicação corporativa e apresentações, além do treinamento a distância (e-Learning). 
 
Para conhecer um pouco mais do universo de criação de vídeos interativos ou diferentes mídias, acesse o site da MicroPower e entre em contato com nossos especialistas. 
Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

3 dicas para o uso de notas visuais no e-Learning

Saiba como estimular o uso de notas visuais entre seus colaboradores

 

Fazer anotações é parte essencial do processo de aprendizado, especialmente, quando ideias e conceitos complexos estão envolvidos. Mas talvez apenas o texto não seja suficiente para esclarecer ideias, muitas vezes, é preciso aproveitar o poder dos “desenhos”.

 

Leia mais...

Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Os maiores mitos sobre vídeos na aprendizagem

Não tem certeza sobre o que o mercado diz a respeito dos vídeos no campo da aprendizagem? Então a melhor estratégia é conversar com especialistas no assunto

 

As pessoas têm mais facilidade para assimilar informações por meio de vídeos. O formato cria um ambiente de aprendizagem imersiva ao reunir textos, imagens e sons. Até por isso, as empresas têm investido muito nesse veículo de aprendizagem. Mas muito do que se comenta, especialmente, sobre custos.

 

Leia mais...

Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

MicroPower fecha parceria com o evento “Learning 2016” para seus Clientes


A MicroPower está disponibilizando um desconto especial aos seus Clientes para a inscrição do "Learning 2016”, considerado um dos maiores eventos do mundo relacionados ao aprendizado no campo corporativo.

Organizado por Elliott Masie, considerado o guru do aprendizado no mundo, pioneiro no campo da tecnologia no ensino, negócios, aprendizado e produtividade no local de trabalho, o Learning 2016 reúne todos os anos mais de 1.600 pessoas vindas de diversos países e já contou com Steve Wozniak, co-fundador da Apple, e Sal Khan, fundador da Khan Academy, como palestrantes. Confira o depoimento de Elliott Masie, convidando os brasileiros a participar do evento:


O evento será de 23 a 26 de outubro de 2016, em Orlando, Flórida – EUA e terá como um dos principais palestrantes Scott Joseph Kelly, astronauta veterano e integrante da "One Year Mission", missão espacial de 340 dias contínuos a bordo da Estação Espacial Internacional, a mais longa permanência de um ser humano na estação.

Scott Kelly irá contar lições de vida e histórias pessoais que mostram como ultrapassar seus próprios limites, a visão sobre a liderança e trabalho em equipe exigido em tais condições difíceis, desafios e proporcionará ao público uma experiência única. O evento também terá como palestrantes George Takei, Scott Kelly, Tiffany Shlain e Richard Culatta.

Entre as mais de 150 sessões programadas para a edição 2016 do evento, estão palestras e bate-papos com especialistas da área de aprendizado; apresentações de cases de sucesso e lições aprendidas; grupos de discussões moderados por líderes do aprendizado corporativo; laboratórios para experimentação e discussão a respeito de tecnologias emergentes e novas metodologias que estão sendo praticadas pelo mercado.

Se você é Cliente ou potencial Cliente da MicroPower, entre em contato conosco através do e-mail marketing@micropower.com.br e veja como se inscrever para o “Learning 2016”

Saiba mais sobre Elliott Masie:
Elliott Masie é um dos palestrantes mais reconhecidos do planeta. Ao longo dos últimos trinta anos, apresentou cursos e palestras para mais de 2.200.000 profissionais em todo o mundo. 
É diretor do “MASIE Center”, em Saratoga Springs, NY. Lidera o consórcio de Aprendizagem, uma coalizão de 200 organizações globais, cooperando na evolução de estratégias de aprendizagem, incluindo CNN, Walmart, American Express, Walmart, Emirates Airline, Starbucks, General Electric e Fidelity Investments.

Elliott Masie também é conselheiro de diversos grupos governamentais, no ramo da educação e ONGs. Também foi conselheiro do Departamento de Defesa e no Conselho Consultivo da Casa Branca, além de ser colunista de diversas publicações em revistas e jornais.
Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Microlearning: o presente e o futuro dos treinamentos

Workshops extensos e grandes manuais dão espaço a ciclos curtos de formação com pequenas “porções” de conteúdo

 

Como você consome informação: recebe seu jornal diariamente e o destrincha todas as manhãs ou em vários momentos do dia – pelo rádio no trajeto para o escritório, algumas olhadelas durante o dia em blogs e nos principais sites de jornais nacionais e internacionais via smartphone e desktop?

 

Leia mais...

Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

e-Learning: as armadilhas técnicas que você precisa evitar

Muita atenção com a parte técnica de seus treinamentos. Há descuidos que podem arruinar a experiência de aprendizado de seus colaboradores

 

Você faz de tudo para criar o melhor conteúdo para seu e-Learning e investe horas pensando em estratégias de design para oferecer ao usuário uma experiência de aprendizado completa e impressionante, mas será que está dando atenção aos aspectos mais técnicos de seus treinamentos?

 

Leia mais...

Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

e-Learning para Baby Boomers

Conteúdo e tecnologia sob medida para seus colaboradores mais experientes

É claro que não há regras estabelecidas. Há Baby Boomers extremamente tech-savvy, bem como aqueles que não tem afinidade com as novas tecnologias. Mas é possível trilhar um caminho neutro (um meio-termo) para produzir um e-Learning de acordo com as necessidades desses públicos.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter