e-Learning: conheça o perfil do novo usuário

As características do novo time de colaboradores que devemos considerar ao criar nossos cursos e-Learning

Com as novas gerações ingressando cheias de energia, novas competências e habilidades no mercado de trabalho, especialmente, no que diz respeito à tecnologia e inovação, temos um cenário de aprendizado em constante revolução, ou melhor, evolução.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

e-Learning: como engajar baby boomers II

Uma estratégia para tornar o e-Learning bem mais atrativo aos boomers

Dando sequência ao post sobre como usar a tecnologia para criar um e-Learning que seja mais atraente aos boomers, destacamos novas dicas de como estruturar seus treinamentos. Confira!



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

A estrutura do mobile learning

Informação passada de pouquinho em pouquinho (por pílulas), de forma assertiva e com baixo custo: o que sua empresa está esperando para investir nessa estratégia?

Aumento no número de dispositivos móveis, facilidade de acesso às informações, falta de tempo e, claro, orçamentos reduzidos para treinamento: esses são fatores que, definitivamente, estão mudando muito a maneira de conceber, desenvolver e entregar o e-Learning



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

A estrutura do e-Learning moderno

Familiarize-se com a nova anatomia do e-Learning

É natural que o modelo dos treinamentos evolua para atender às necessidades das novas gerações que chegam ao mercado de trabalho. Recentemente, fizemos um post sobre a importância de compreender as características da Geração Y para propor treinamentos mais atrativos e efetivos para esse público, que é muito diferente dos Baby Boomers ou dos profissionais da Geração X.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Treinamentos para a geração Y

Informações que o profissional de treinamento deve ter em mente ao elaborar cursos para jovens talentos

Os jovens talentos ou profissionais da geração Y (nascidos após 1980) estão mais do que acostumados com as novas tecnologias. Eles praticamente nasceram nesse ambiente high tech. A primeira palavra que disseram provavelmente nem foi papai ou mamãe, mas sim Wi-Fi

Brincadeiras à parte, essa geração acostumada a mexer com gadgets (dispositivos eletrônicos portáteis), blogs, vídeos, redes sociais e games, chega ao mercado de trabalho sem receio dos desafios; considerando suas atividades como verdadeiras fontes de satisfação e aprendizado. 




Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

A liderança do futuro

Desenvolva suas habilidades para chegar lá

As novas gerações atuam em um ritmo acelerado, mas também de maneira muito criativa com ajuda da tecnologia, que estimula e suporta mudanças constantes seja nos processos, seja nos produtos. Os profissionais reciclam-se assim como as empresas e as formas de trabalho. “Formas de trabalho?”, você pergunta. Sim, já deu uma olhada no escritório hoje? Viu como as cadeiras estão vazias? Nem todos os colaboradores precisam estar presentes (fisicamente) durante as oito horas de trabalho. Alguns estão em clientes, outros viajam boa parte do ano e só retornam à sede da empresa para reuniões pontuais.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter