FNQ ganha agilidade e inova no gerenciamento dos cursos on-line por meio do módulo de Aprendizado do MicroPower Performa

Há mais de 25 anos, a Fundação Nacional da Qualidade (FNQ) promove o desenvolvimento de organizações, por meio da geração e da disseminação de conhecimentos na área da gestão no Brasil. Dessa forma, estimula a busca por uma gestão para excelência. Com um trabalho estruturado no Modelo de Excelência da Gestão® (MEG), a Fundação tem promovido uma metodologia de avaliação, autoavaliação e reconhecimento das boas práticas de gestão, que pode ser aplicada a organizações de todos os portes, a partir de uma base teórica e prática, dentro dos princípios da identidade empresarial e do atual cenário do mercado. 
Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Feedback: uma poderosa ferramenta nas organizações

Saiba como o feedback pode se tornar essencial para alcançar a excelência em sua equipe

Não há desenvolvimento sem feedback, certo? Sim, certo! Ele está presente em todos os momentos de nossas vidas, não somente nas questões profissionais. Sempre precisamos de alguém que nos ajude em nosso crescimento, que nos aponte onde precisamos melhorar e também elogiar o que temos de melhor. Até mesmo em nossas relações familiares praticamos isso com frequência, ao educar os nossos filhos, ao mostrar aos nossos pais o que eles fazem de certo e errado diante de algum fato. Todas essas trocas nos ajudam como pessoas, ao ampliar as perspectivas sobre nós mesmos conseguimos identificar e analisar tudo aquilo que fazemos sem perceber, sendo positivo ou negativo. 

Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Como você desenvolve sua equipe?

Saiba que o uso de ferramentas tecnológicas pode auxiliar na capacitação de seus colaboradores

Manter uma equipe engajada não é uma tarefa tão simples. Pesquisas mostram que as pessoas almejam trabalhos interessantes e desafiadores com oportunidades para o desenvolvimento. Além disso, gostariam de contribuir em empresas baseadas em valores que se preocupam com o bem-estar de seus colaboradores e que apostem em uma relação mais humanizada. 

Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Feedback como ferramenta para alcançar resultados

Todos nós precisamos de pessoas que nos deem feedback. É assim que melhoramos. Sim, de fato é isso que todos esperam em qualquer situação.  Imagine um colaborador que nunca tenha recebido feedback para qualquer uma de suas ações dentro do ambiente de trabalho. Sendo assim, ele não sabe, de fato, se suas tarefas estão sendo desenvolvidas da melhor forma possível. Será que não esteja ai a solução para um desenvolvimento positivo? 
Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Como converter a queda de desempenho em alta performance

Ações que favorecem a gestão de desempenho e o engajamento de talentos

A queda de desempenho está atrelada a objetivos não compreendidos ou até não estabelecidos e expectativas frustradas dos dois lados – empresa e colaborador. Fatores diversos como a falta de incentivo, reconhecimento, comunicação ou integração, por exemplo, podem desestimular o bom profissional, que por sua vez passará a dedicar-se menos para obter resultados. Já para o contratante, a situação pode gerar problemas com outros colaboradores, baixo retorno para o que foi investido em mão de obra/projetos e queda na competitividade.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Implementação e Gestão do e-Learning

O processo para a implementação e gestão do e-Learning requer uma série de ações que, se negligenciadas, podem fazer qualquer iniciativa fracassar

Saber gerir pessoas, prazos, custos e orçamentos de projetos de e-Learning não é tarefa simples. É importante conhecer o processo de diagnóstico das necessidades de formação, métodos, tendências do mercado. Imprescindível também trabalhar a comunicação interna e externa; fazer um alinhamento da estratégia de treinamento com os diferentes stakeholders da organização – acionistas, diretores, eventuais apoiadores e financiadores dos projetos, bem como influenciadores, especialistas que compartilharão expertises e colaboradores de diferentes níveis e áreas que participarão dos treinamentos e ajudarão no processo de divulgação dos mesmos.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Gestão de competências

Por que é importante investir na gestão de competências durante toda a trajetória do profissional dentro da organização? Confira a resposta no depoimento de Augusto Gaspar, diretor de soluções consultivas da MicroPower

Quando o profissional de RH inicia um processo de recrutamento e seleção, ele utiliza diferentes técnicas para encontrar os melhores talentos para sua organização. Uma dessas técnicas é a entrevista por Competência e Comportamentos, destacada até mesmo por Felipe Westin, especialista com 40 anos de experiência em RH e Negócios e diretor executivo da Westin Desenvolvimento de Pessoas, em seu artigo Entrevista por Competências: dicas para o sucesso!, publicado pelo Instituto Learning & Performance Brasil.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

e-Learning: conheça o perfil do novo usuário

As características do novo time de colaboradores que devemos considerar ao criar nossos cursos e-Learning

Com as novas gerações ingressando cheias de energia, novas competências e habilidades no mercado de trabalho, especialmente, no que diz respeito à tecnologia e inovação, temos um cenário de aprendizado em constante revolução, ou melhor, evolução.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Tendências: conteúdo para o LMS moderno

O conteúdo é um dos elementos determinantes para o sucesso de um treinamento 

Desde 1997, quando o termo e-Learning surgiu a partir de uma pesquisa de Elliott Masie, o aprendizado eletrônico evoluiu de forma muito rápida e multiplicadora, passando do autoe-Learning para o e-Learning presencial, aprendizado híbrido, aprendizado da web 2.0, aprendizado social (redes sociais, comunidades e mundos virtuais), móvel (e-Books, aplicativos e microblogs) até chegar ao Blended (híbrido) – combinação entre diferentes modalidades de aprendizagem e, claro, tecnologias. 

Mas como andam os conteúdos do e-Learning após 18 anos? O que está sendo feito pelo mercado no que diz respeito a conteúdo para LMS? Acompanhe duas tendências fortes que foram confirmadas em 2015 e que prevalecerão em 2016!




Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter