Gestão estratégica do capital humano

Organizações que investem em capital humano conseguem reter colaboradores e reduzir os custos de recrutamento e seleção. Elas ainda contam com mão de obra atualizada sobre o que há de mais eficiente e inovador no mercado

“Pelo menos sete milhões de empregos podem ser perdidos nos próximos cinco anos pelas transformações que a economia mundial sofrerá, e que o Fórum Econômico Mundial chamou de ‘quarta revolução industrial’”, aponta reportagem do portal Exame.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Como fica sua estratégia de treinamento em tempos de transformação digital?

É preciso investir em tecnologia para desenvolver pessoas

Apenas 25% das organizações encaram a transformação digital de forma proativa, é o que aponta o Centro Global para a Transformação Digital dos Negócios (DBT Center, Global Center for Digital Business Transformation), uma iniciativa conjunta da Cisco e do International Institute of Management Development (IMD) de Lausanne, na Suíça.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Alta Performance: mantenha o progresso

Manter o desenvolvimento em uma organização requer investimento em inovações não só tecnológicas, mas também conceituais e comportamentais

Para atingir os melhores resultados nos negócios, é preciso estar atento ao que os clientes buscam e desejam como inovação, ao que os concorrentes estão fazendo, à melhoria de processos e equipamentos, ao desenvolvimento dos colaboradores, entre tantos outros fatores.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Invista no compartilhamento de expertise – parte II

Abordagens que podem melhorar as chances de êxito no processo de compartilhamento de expertise

Dando sequência às abordagens citadas pelo autor Marc Rosenberg na obra Além do e-Learning, abordagens e tecnologias para a melhoria do conhecimento, do aprendizado e do desempenho organizacional, o post de hoje traz mais quatro iniciativas para aprimorar o processo de compartilhamento de expertise em sua organização. Confira!



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Alta Performance: invista no compartilhamento de expertise

Confira abordagens que podem melhorar as chances de êxito no processo de compartilhamento de expertise

Conseguir os melhores especialistas é um processo bastante trabalhoso para qualquer tipo de organização. Mas fazer com que esses profissionais devotem o tempo necessário para compartilhar suas expertises, não deixando de lado suas atividades profissionais é ainda mais complicado.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

4 razões para usar infográficos

O infográfico demonstra o conteúdo facilitando a leitura com a apresentação de uma perspectiva global

Uma das soluções mais pedidas pelos clientes da MicroPower, o infográfico é composto por desenhos, esquemas, gráficos e ícones que sintetizam uma informação. Em posts anteriores, destacamos o passo a passo para a criação dessa solução e quando usá-la (se você deseja saber um pouco mais sobre o recurso, vale a pena dar uma lida). Hoje, nosso post traz quatro razões para que você passe a adotar de vez o infográfico em seus treinamentos. Tome nota e mãos à obra!



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Por que investir em treinamento de liderança?

Um bom (ou mau) gestor afeta a performance de sua equipe, o que inevitavelmente é refletido nos resultados da organização

As organizações que investem em treinamentos e capacitações de liderança conseguem reter colaboradores e reduzir os custos de recrutamento e seleção. Isso porque o líder é responsável por engajar outros profissionais do time, ouvi-los e saber administrar os interesses e as potencialidades de cada um em favor do negócio.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Alta Performance: definição de metas e objetivos

Metas e objetivos devem ser definidos até antes da contratação do profissional e reavaliados frequentemente, de acordo com seu desenvolvimento na organização

Qual a melhor maneira de um colaborador atingir a alta performance? Como saber o que a empresa espera dele, se está no caminho certo, se seus planos estão de acordo com os planos de seu empregador? E como realizar atividades com excelência, mantendo o engajamento e o interesse por sua função, pelo negócio e pela organização? A resposta para todas essas perguntas é bastante simples: a partir da definição de metas e objetivos (inclusive educacionais) detalhados.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

e-Learning: um bom investimento para a sua organização

As mesmas tecnologias podem automatizar e racionalizar uma série de processos de aprendizado, reduzindo ou eliminando ineficiências e evitando custos para a empresa

Depois do crescimento das universidades corporativas, físicas e com aulas presenciais, na década de 1990, foi a vez do Ensino a Distância (EaD) ganhar espaço no mercado de trabalho. Com a internet e o desenvolvimento de novas tecnologias, o e-Learning possibilitou às instituições e seus colaboradores mais flexibilidade, facilidade e rapidez no processo de capacitação e desenvolvimento. 



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

e-Learning: como criar cursos com uma abordagem pessoal

Saiba como desenvolver propostas de e-Learning com enfoque em necessidades e metas pessoais (centradas em um colaborador), mesmo trabalhando para um grande número de pessoas

Independentemente do tema de seu e-Learning, do objetivo a ser atingido e dos recursos que você irá utilizar para capacitar o time de colaboradores, o aprendizado deve ser uma jornada pessoal. Destacamos essa ideia no post "O que os colaboradores esperam dos games", ou seja, o conceito de que é possível que diferentes pessoas participem do mesmo jogo ou da mesma atividade de capacitação, porém, cada uma buscando seu próprio caminho para lidar com metas e desafios, de acordo com suas habilidades e desejos de superação; e reforçamos a mensagem no texto de hoje. Boa leitura!



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter