Você sabe trabalhar em equipe?

Atuando em parceria, profissionais com diferentes vivências, conhecimentos e personalidades podem contribuir bastante para os bons resultados de uma companhia

Quem se lembra dos trabalhos em grupo realizados no colégio ou na faculdade? Você era do tipo de aluno que abraçava todas as tarefas para fazer sozinho ou ficava encostado só esperando chegar o dia da apresentação para saber qual seria sua fala? Sabia lidar e, principalmente, ter uma boa comunicação com o restante dos colegas? Sofria quando o professor mencionava a palavra “grupo”?

O tempo passa e precisamos transferir nossas habilidades sociais para o ambiente de trabalho. Se não as temos bem desenvolvidas, chegamos à conclusão de que é necessário agir rapidamente, já que no mercado de trabalho não há recuperação. A regra é adaptar-se ou bye-bye.

O fato é que várias cabeças juntas pensam melhor. Profissionais com diferentes vivências, conhecimentos e personalidades agregam (e muito) ao trabalho de um departamento e aos resultados de uma companhia. Mesmo que você tenha um temperamento autossuficiente, é possível desenvolver habilidades para aprender a trabalhar com outros integrantes de uma equipe. Para ajudá-lo, selecionamentos algumas dicas valiosas. Confira!

Escute – É essencial saber ouvir e ponderar as diversas opiniões do grupo. Além disso, saiba reconhecer e aceitar quando a ideia de outra pessoa for melhor ou mais indicada para aplicação do que a sua. Como? Tenha em mente que o mais importante é alcançar com êxito o objetivo principal do grupo e, mais uma vez, escute, esclareça dúvidas, busque realmente compreender e fazer parte do plano ou da sugestão de seu colega e parceiro. Se preciso, liste prós e contras de cada sugestão, avaliando também prazos e custos com os outros integrantes do time.

Participe – Proponha o diálogo constante. Mostre quais são suas considerações, procure esclarecê-las aos seus colegas, comunique aquilo que discorda ou não entende e esteja aberto para que seus colegas façam o mesmo. 

Saiba dividir – O trabalho em grupo não admite centralização de atividades ou egocentrismo, pelo contrário, é vital dividir tarefas, responsabilidades e até erros – sim, eles acontecem e fazem parte do aprendizado e do processo. Se ninguém ficou encarregado de reunir as ideias ou dividir as tarefas, ofereça-se como voluntário. Para isso, é preciso entender de que forma todos os talentos do grupo podem colaborar, isto é, o que cada integrante tem de melhor a oferecer. 

Trabalhe – Seja atuante. Não é porque você recebeu suas tarefas, que vai pensar apenas em executá-las. Não! Procure colaborar com os colegas e fazer do projeto um meio para a troca de informações e aprendizado. Essa é função de cada um dos integrantes do time. Porém, se todos estão ocupados demais com suas atividades, ative você esse “botãozinho” na equipe. Puxe papo, conheça cada um e estimule a integração.
Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter
Loading