Learning Management System: tendências

O que você precisa saber sobre os “trending topics” relacionados ao LMS

Que o Learning Management System ou LMS se destaca como uma ferramenta poderosa para as organizações você já sabe, apresentamos suas vantagens em posts anteriores (Learning Management System e O que o LMS pode fazer por sua empresa). O que você não sabe, são as tendências levantadas nas mais recentes pesquisas de mercado. Confira!

1) O LMS deixará de ser “propriedade exclusiva” da área de Aprendizagem e Desenvolvimento. Aos poucos as empresas já começam a descobrir que cada linha de negócios pode (e deve) acompanhar não só os treinamentos, mas todas as etapas, ações e evoluções de seus profissionais, trabalhando assim: gestão de aprendizado, gestão de objetivos, gestão de desempenho, gestão de competências e gestão de sucessão e carreira. As empresas buscam sistemas e portais que sejam a marca de seus departamentos ou divisões e querem ser capazes de gerar relatórios completos que os auxiliem a levantar dados transparentes, importantes para a análise de metas e resultados.

2) Para muitos, especialmente aqueles que não são do campo da Aprendizagem e Desenvolvimento, o LMS é visto apenas como custo. É tarefa da liderança de T&D esclarecer que esse tipo de investimento também traz resultados para a companhia e isso pode ser feito de duas maneiras: pela análise do impacto que o aprendizado tem sobre colaborador e, consequentemente, sobre o negócio ou, ainda, pela capacitação de clientes e parceiros de negócio. Em 2016, mais empresas irão investir em treinamentos que resultem na melhora da qualidade de serviços e produtos de seus fornecedores, associados e clientes (repassando ou não os custos, mas com o objetivo principal de oferecer valor adicional aos seus parceiros de negócios).

3) O LMS não é mais apenas um lugar de aprendizado individualizado. Os colaboradores querem trocar informações e compartilhar experiências. Eles não querem apenas fóruns de discussão. Os talentos de hoje e do futuro querem chat ao vivo, trabalhar tarefas de aprendizagem em conjunto, em um ambiente síncrono ao vivo onde possam testar diferentes abordagens e aprender sobre suas práticas diárias.

Referência: Portal e-Learning Industry

Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter
Loading