Razões para você investir em mobile learning

Tendências que irão fazer você repensar a estratégia de treinamento de sua empresa

 

Você realmente deveria considerar o mobile learning em sua estratégia de treinamento. Sabe por quê? A maneira como as pessoas acessam a internet já mudou e, pode parecer que não, mas isso tem impacto direto na maneira como seus colaboradores consomem informações.

 

As pesquisas atuais apontam:


  • O número dos usuários de internet móvel excede o número de usuários de desktop nos Estados Unidos – ComScore
  • O tráfego global de dados móveis vai crescer 3 vezes mais rápido do que o tráfego via desktop de 2014 a 2019 – Cisco
  • Até 2016, o uso de aplicativos móveis vai "superar os domínios da Internet, tornando os aplicativos os principais meios para envolvimento com as marcas" – Gartner
  • 64% dos learners acreditam que o acesso ao aprendizado via dispositivo móvel é essencial ou muito útil - Towards Maturity
  • 7 em cada 10 empresas adotam soluções de aprendizagem móvel – Relatório In-Focus
  • 100% das empresas de alta performance fazem uso de mobile learning. Por empresa de alta performance, entende-se uma organização que está em situação melhor nos quesitos de Receita Líquida, Participação de Mercado, Lucratividade e Satisfação do Cliente, em comparação com os últimos cinco anos – Grupo Brandon Hall


Todas essas tendências fornecem uma visão de como seus colaboradores esperam interagir no futuro. O treinamento online terá de abraçar as novas maneiras de uso da internet para ser bem-sucedido. E atenção: qualquer conteúdo em formato e-Learning que está sendo criado hoje e que não pode ser acessado por meio de um dispositivo móvel corre o risco de ter uma vida útil bastante limitada. Por isso, da próxima vez que você começar a criar um novo projeto, considere esses dados!

 

Caso precise da ajuda de um especialista, a MicroPower conta com soluções educacionais e tecnológicas que se ajustarão às necessidades de sua empresa. Quer saber como? Então acesse nosso site e entre em contato com nossos colaboradores.

 

Referência: eLearning Industry Blog

Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter
Loading