Não basta implementar, é preciso aprimorar o e-Learning

Para ampliar a adoção do e-Learning, aumente sua utilidade

O sucesso de um projeto de e-Learning depende de uma análise rigorosa da empresa e de seus objetivos, bem como do perfil de seus colaboradores. Além disso, são necessários investimentos e ações para desenvolver uma cultura de aprendizado e aumentar a utilidade da ferramenta, demonstrando as vantagens da aplicação no dia a dia do negócio. Nesse processo, alguns elementos são essenciais. Confira quais são eles!



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

Como promover seu novo programa de e-Learning

As competências de marketing em trabalhos de aprendizado tornam-se cada vez mais importantes para engajar colaboradores

Se todas as grandes marcas, mesmo sendo líderes em seus segmentos, continuam a fazer propaganda de seus produtos, por que não investir em marketing de aprendizado? É com essa pergunta que lançamos o tema do post de hoje. 

A partir do e-Learning, houve um aumento significativo no número de cursos e treinamentos, o que fez com que os usuários passassem a demandar informações mais detalhadas a respeito dos programas de aprendizado disponíveis (objetivos, vantagens, aplicações etc.). Dessa forma, as competências de marketing em trabalhos de aprendizado tornaram-se muito importantes e necessárias para engajar e encantar esses clientes internos e, com isso, estimulá-los a participar das iniciativas, bem como promover a cultura da alta performance dentro das organizações.




Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

Como ser considerado um bom empregador

Iniciativas na área de aprendizado e desenvolvimento que ajudam uma empresa a transmitir uma excelente imagem 

Não apenas os jovens talentos, mas também os profissionais maduros buscam cada vez mais conhecer as iniciativas de aprendizado das empresas. O interesse por novos conhecimentos e desenvolvimento de diferentes habilidades pode, inclusive, influenciar a decisão por determinado empregador em detrimento de outros. 



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+