Invista no compartilhamento de expertise – parte II

Abordagens que podem melhorar as chances de êxito no processo de compartilhamento de expertise

Dando sequência às abordagens citadas pelo autor Marc Rosenberg na obra Além do e-Learning, abordagens e tecnologias para a melhoria do conhecimento, do aprendizado e do desempenho organizacional, o post de hoje traz mais quatro iniciativas para aprimorar o processo de compartilhamento de expertise em sua organização. Confira!



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

Alta Performance: invista no compartilhamento de expertise

Confira abordagens que podem melhorar as chances de êxito no processo de compartilhamento de expertise

Conseguir os melhores especialistas é um processo bastante trabalhoso para qualquer tipo de organização. Mas fazer com que esses profissionais devotem o tempo necessário para compartilhar suas expertises, não deixando de lado suas atividades profissionais é ainda mais complicado.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

Cultura organizacional: transmita o DNA de seu negócio para engajar o time

As organizações que conseguem fortalecer sua cultura têm como resultado mais envolvimento de seus profissionais

Há diferentes percepções sobre a imagem de uma organização. Colaboradores recém-chegados, por exemplo, começam a formar mentalmente o “quebra-cabeça” da empresa com base no que veem e nas opiniões de colegas que já estão na casa. Estes, por sua vez, acumulam experiências de diferentes gestões e momentos do negócio.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

Programas de educação para vencer a crise

Educação: poderoso fator de diferenciação para profissionais e empresas

Não somente, mas especialmente em tempos de instabilidade econômica, a educação demonstra ser um poderoso fator de diferenciação para profissionais e empresas. Os profissionais devem buscar novos conhecimentos e qualificação para conseguirem destaque em meio a tantos concorrentes, enquanto as empresas têm uma grande responsabilidade em mãos: investir em capital humano – e assim aprimorar processos, serviços e produtos.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

Como trabalhar o engajamento em treinamentos online

Quanto mais engajada sua audiência está, mais ela fica inspirada a implementar o que está aprendendo em suas atividades do dia a dia

Você sabe por que é tão importante para sua organização ter colaboradores engajados? Simplesmente porque um funcionário engajado trabalha não só de maneira comprometida com a visão, as metas e os valores de sua empresa, mas, especialmente, motivado e determinado a contribuir para o sucesso do negócio. O mesmo acontece nos treinamentos online. Quanto mais engajada sua audiência está, mais ela fica inspirada a implementar o que está aprendendo em suas atividades do dia a dia. 



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

Gestão de competências

Por que é importante investir na gestão de competências durante toda a trajetória do profissional dentro da organização? Confira a resposta no depoimento de Augusto Gaspar, diretor de soluções consultivas da MicroPower

Quando o profissional de RH inicia um processo de recrutamento e seleção, ele utiliza diferentes técnicas para encontrar os melhores talentos para sua organização. Uma dessas técnicas é a entrevista por Competência e Comportamentos, destacada até mesmo por Felipe Westin, especialista com 40 anos de experiência em RH e Negócios e diretor executivo da Westin Desenvolvimento de Pessoas, em seu artigo Entrevista por Competências: dicas para o sucesso!, publicado pelo Instituto Learning & Performance Brasil.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

4 razões para usar infográficos

O infográfico demonstra o conteúdo facilitando a leitura com a apresentação de uma perspectiva global

Uma das soluções mais pedidas pelos clientes da MicroPower, o infográfico é composto por desenhos, esquemas, gráficos e ícones que sintetizam uma informação. Em posts anteriores, destacamos o passo a passo para a criação dessa solução e quando usá-la (se você deseja saber um pouco mais sobre o recurso, vale a pena dar uma lida). Hoje, nosso post traz quatro razões para que você passe a adotar de vez o infográfico em seus treinamentos. Tome nota e mãos à obra!



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

Por que investir em treinamento de liderança?

Um bom (ou mau) gestor afeta a performance de sua equipe, o que inevitavelmente é refletido nos resultados da organização

As organizações que investem em treinamentos e capacitações de liderança conseguem reter colaboradores e reduzir os custos de recrutamento e seleção. Isso porque o líder é responsável por engajar outros profissionais do time, ouvi-los e saber administrar os interesses e as potencialidades de cada um em favor do negócio.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

Alta Performance: definição de metas e objetivos

Metas e objetivos devem ser definidos até antes da contratação do profissional e reavaliados frequentemente, de acordo com seu desenvolvimento na organização

Qual a melhor maneira de um colaborador atingir a alta performance? Como saber o que a empresa espera dele, se está no caminho certo, se seus planos estão de acordo com os planos de seu empregador? E como realizar atividades com excelência, mantendo o engajamento e o interesse por sua função, pelo negócio e pela organização? A resposta para todas essas perguntas é bastante simples: a partir da definição de metas e objetivos (inclusive educacionais) detalhados.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

Retrospectiva do blog MicroPower

Os posts mais acessados pelos leitores do blog MicroPower em 2015 e os temas que serão destaque em 2016

O começo do ano é sempre uma ótima oportunidade para avaliar tudo aquilo que aconteceu no ciclo anterior, nos últimos 365 dias. Ideias, ações e projetos: vale a pena observar o que deu certo, o que chamou a atenção do mercado, o que não teve tanta aceitação ou o que merece retoques e melhorias. 

No ano de 2015, “afiamos” a comunicação e desenvolvemos muitos conteúdos para o blog e as redes sociais da MicroPower. Chegamos a pessoas em todos os cantos do mundo e tivemos muitos feedbacks de nossos seguidores. Ao examinarmos acessos, curtidas, compartilhamentos, dúvidas e solicitações dos profissionais da área, conseguimos chegar aos temas mais procurados, isto é, que as pessoas mais têm interesse em conhecer detalhadamente.




Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+