e-Learning para aumentar a produtividade

Cursos online proporcionam a oportunidade do colaborador aprender realizando suas atividades diárias de maneira mais eficaz

Em um mercado dinâmico como o que temos hoje, as empresas precisam desdobrar-se para conseguir destaque entre seus concorrentes. Produzir é uma das metas de maior importância. Entretanto, como estimular a equipe a ser mais produtiva e até a ultrapassar os resultados planejados?

e-Learning pode ser uma excelente solução para essa e outras questões relacionadas à produtividade, já que a ferramenta trabalha o desenvolvimento dos colaboradores, proporcionando a eles a oportunidade de aprender realizando suas atividades diárias de maneira mais eficaz. Confira outros motivos!




Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

Ferramentas de suporte ao desempenho

Coaching e mentoring apoiam as pessoas na construção e no fortalecimento de suas habilidades

O desenvolvimento profissional requer uma série de esforços que vão desde investimentos em qualificação técnica até desenvolvimento comportamental. Mas o profissional não está sozinho nessa jornada pelo aperfeiçoamento. 

As empresas inteligentes sabem que terão mais sucesso e retorno à medida que investirem em seus talentos. Assim, elas já preveem em sua estratégia de aprendizado e desempenho, o trabalho de duas ferramentas essenciais de suporte: coaching e mentoring. Confira mais detalhes a respeito de como esses métodos auxiliam a construção de uma organização de alta performance!




Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

O papel do CLO

As atribuições do profissional que trabalha estrategicamente pelo sucesso da empresa por meio da capacitação dos colaboradores

Num futuro não tão distante, o mercado exigirá que as pessoas se desenvolvam numa velocidade bem acima do que hoje achamos natural. Antecipando essa transformação, os líderes de diferentes áreas já buscam desenvolver suas equipes para aproveitar o que há de melhor nos colaboradores e, assim, obter resultados para suas organizações. 



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

e-Learning: aprendizagem, resultados e inclusão social

Conheça um pouco da história da cultura da alta performance

Quando uma empresa investe em programas de treinamento, ela trabalha principalmente por um mercado mais capacitado, com profissionais de peso, integração, inclusão social e, claro, melhores resultados. Todos esses fatores (aprendizagem, desempenho, resultados e inclusão) caminham juntos e, no Brasil, desde 1995, passaram a ser pontos de atenção para as instituições.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

O intercâmbio ideal para você

Estudo em dois meses, estudo em seis meses, trabalho social e estudo em um ano: 
qual é a modalidade de intercâmbio mais indicada para a sua necessidade?

O intercâmbio é considerado como uma das experiências mais efetivas de aprendizado. Ao viajar para outro país, o indivíduo pode mergulhar na cultura local, o que o ajuda não somente a aprender o idioma com mais facilidade (já que em todos os momentos e com todas as pessoas precisará utilizar o idioma local), mas também a desenvolver competências comportamentais, como o poder de adaptação, que dificilmente exercitaria se estivesse em sua zona de conforto.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

Recebendo estrangeiros

As melhores ações do RH para a integração de colaboradores globais

É grande o número de estrangeiros que imigram para o Brasil. Entre os anos 2011 e 2013, o número de imigrantes no mercado de trabalho formal aumentou 50,9%, conforme indica o dossiê especial intitulado A inserção dos imigrantes no mercado de trabalho brasileiro, publicação divulgada em 2015 no site do Ministério do Trabalho.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

Do you speak... Mandarim?

Além do inglês, considerado como língua universal dos negócios, atente-se a outros idiomas que irão ajudá-lo a conquistar as melhores oportunidades

“Quem não se comunica, se trumbica” ou, adaptando a frase do lendário José Abelardo Barbosa de Medeiros, quem não se comunica também não consegue destacar-se no mercado de trabalho. Falar idiomas já deixou de ser um diferencial há algum tempo. Seja para lidar com clientes do exterior, seja para dirigir uma empresa ou para ter acesso e aprender conteúdos produzidos por estrangeiros, na era da informação, quem fala mais de uma língua é rei!



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

Liderança feminina

Assumir uma postura confiante, mesmo com receio e uma autocrítica ferrenha a respeito do que você conhece ou desconhece, é importante para criar oportunidades

Apesar de alguns avanços no sentido de uma sociedade mais igualitária, a mulher ainda enfrenta muitas dificuldades para conquistar boas oportunidades e posições de liderança no mercado de trabalho, além de salários compatíveis aos dos homens. 

A sociedade não estimula a ambição profissional feminina e chega a encará-la até de forma negativa. “Faz muito tempo que a cultura popular retrata as profissionais bem-sucedidas como mulheres tão consumidas pela carreira que não têm vida pessoal (pense em Sigourney Weaver em Uma secretária de futuro e Sandra Bullock em A proposta)”, ressalta Sheryl Sandberg, a mais alta executiva do Facebook, em seu livro Faça Acontecer: mulheres, trabalho e a vontade de liderar. 




Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

Planejamento de carreira: a responsabilidade está em suas mãos

Se você não tem um plano, pode estar à deriva no mercado ou, ainda, dependente do plano de alguém

Você já parou para pensar em qual cargo ocupará em cinco ou dez anos ou então quando e como deseja se aposentar? Sabe qual será seu próximo passo profissional? Se essas ideias ainda não são preocupações, muita atenção. Quando você não tem um plano, pode estar à deriva no mercado e, ainda, dependente do plano de alguém, o que no geral é muito arriscado.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

Tecnologias de colaboração

Aspectos favoráveis e pontos de atenção das ferramentas de apoio das redes de conhecimento

Destacamos em posts anteriores o trabalho das comunidades do aprendizado e de maneira similar a elas, as redes de conhecimento também reúnem pessoas virtualmente. A diferença entre os dois formatos é que as redes são mais informais e crescem organicamente, afinal, toda pessoa mantém algum “facilitador para o alto desempenho”, contatos para recorrer em caso de dúvidas e outras necessidades. Não entendeu? Marc J. Rosenberg explica: 



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+
MicroPower | Melhore seu poder de concentração

Melhore seu poder de concentração

Dicas de como manter o foco para a conclusão de atividades importantes

Uma lista gigantesca de tarefas para cumprir até o fim do dia, pessoas andando de um lado para outro do corredor, seu telefone que toca, o telefone do vizinho que toca, o gestor que precisa de uma informação, tudo acontece ao mesmo tempo e, claro, no meio de uma atividade que precisa da máxima concentração. Como manter o foco? Selecionamos algumas ações que irão ajudá-lo nessa missão.

Durma bem
Estar com o sono em dia significa fortalecer uma série de funções do organismo, inclusive, o sistema nervoso central, a capacidade de memorização, do aprendizado e da concentração. Sem citar o poder de relaxamento. Portanto, é imprescindível que coloque no topo de sua lista de prioridades uma excelente noite de sono.

Ouça música
Os estímulos que recebemos simultaneamente são inúmeros, por isso fica complicado (e extremamente cansativo) manter a atenção em apenas uma tarefa. Assim, quando possível, oscile a concentração entre duas atividades, como finalizar um texto e ouvir música. Isso vai auxiliá-lo a descansar o cérebro e a manter-se mais concentrado.

Pausas programadas
As pausas são importantíssimas para que se consiga manter a produtividade. Elas podem ser programadas, inclusive, para aqueles momentos em que sabemos que o corpo vai entrar no “modo preguiça” ou “modo inoperante”, algo que inevitavelmente já aconteceu com você. Dúvida? 

Um exemplo clássico: já passa um tempinho desde que voltou do almoço e você percebe que está com o olhar fixo em uma planilha de custos ou qualquer outro relatório sem conseguir processar uma vírgula do documento. Pois é... Observe se isso acontece todo dia e programe sua pausa justamente para esse período. Aproveite para tomar um cafezinho ou comer alguma coisa e conversar com os colegas, renovar as ideias, descansar a mente. E, claro, programe pausas como essa, com cerca de 10 ou 15 minutos, ao longo do seu dia de trabalho.

No ritmo
Sempre que possível, procure manter o mesmo ritmo de trabalho. Não relaxe demais (isso é preguiça e estagnação) ou tente extrapolar e produzir por uma semana em um único dia. Isso apenas o deixará sobrecarregado, desmotivado e ansioso, o que diminuirá suas chances de concentração.

Estabeleça prazos
Os deadlines são perfeitos agentes motivacionais. Nada melhor que uma data para nos fazer produzir com foco. Por isso, trabalhe com prazos bem estabelecidos e procure fazer um planejamento para poder produzir “com folga”, de forma mais tranquila. 
Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+
Os comentários estão fechados