Avaliações de desempenho e resultados + whiteboard

Saiba como explorar os resultados obtidos em sua organização por meio do whiteboard, técnica de comunicação que pode ser usada no campo do aprendizado

Antes de pensar em um conjunto de soluções para melhorar o desempenho e os resultados de seus colaboradores, é preciso fazer uma análise dos mesmos. Isso porque Análises de Desempenho e de Resultados ajudarão a determinar a exata natureza de problemas e oportunidades de performance. 

Pelas avaliações, é possível compreender se uma organização precisa aprimorar seu desempenho nos negócios (metas e resultados organizacionais como lucros e satisfação dos clientes) e/ou desempenho humano, tanto questões individuais (competências, conhecimento e motivação) como organizacionais (melhoria de processos, ambiente, recursos e cultura).

A mais recente pesquisa realizada pela MicroPower aponta que a maior parte das empresas (cerca de 80%) considera esse tipo de ação de fundamental importância para o bom andamento dos negócios:


De acordo com Michel Musulin, diretor de operações e qualidade da MicroPower, esses números demonstram que as organizações não só têm buscado fazer avaliações, mas também já investem em “ferramentas mais efetivas que apresentem funcionalidades completas para a criação de ciclos de avaliação de desempenho (performance) individual e/ou coletiva, tendo como base competências organizacionais e/ou funcionais e metas”, expõe.

Como comunicar os resultados de suas pesquisas ou trabalhar ações de engajamento?

Você provavelmente já conhece ou ouviu falar de whiteboard, uma técnica de comunicação que pode ser aplicada ao aprendizado. Por meio da apresentação progressiva de dados e elementos gráficos numa tela em branco, o whiteboard constrói, demonstra ou apresenta uma ideia, uma instrução, um anúncio ou algum outro tipo de informação.

No caso da avaliação de desempenho e acompanhamento de resultados, essa ferramenta pode auxiliar nos seguintes pontos:

  • Divulgação e instrução da metodologia de avaliação;
  • Ações de engajamento à avaliação (faça sua avaliação, importância da avaliação etc.);
  • Divulgação de resultados;
  • Instrução sobre qual a interpretação dos resultados.

Muito usado na publicidade e pouco explorado no ramo de aprendizagem, o whiteboard pode ser considerado como um bom “veículo” de comunicação em função de sua objetividade. Seus elementos contribuem para chamar a atenção e sensibilizar o público quanto à relevância do assunto.

Vale ressaltar que elementos como gráficos que demonstrem mensuração, bem como palavras-chave de incentivo e, ainda, personagens ou ilustrações que causem identificação com o público sobre o assunto tratado são essenciais em um whiteboard sobre avaliação de desempenho e acompanhamento de resultados.

Não sabe ao certo como o material é preparado? Tem dúvidas se sua criação é feita da mesma forma que a apresentação de um treinamento ou qualquer outro processo? Então confira alguns detalhes destacados pelas especialistas Rosana Rodrigues, gestora de projetos, e Priscila Citero, designer instrucional da MicroPower.

  1. O raciocínio didático é o mesmo. Porém, a elaboração efetiva do roteiro requer cuidados especiais para não sobrecarregar o tema, já que não é um “curso” e sim uma informação que não pode ser repassada em mais do que três minutos. 
  2. O cuidado com o aspecto visual também é importante pelo mesmo motivo, as ilustrações devem ser simples – já que o princípio do whiteboard é que os desenhos sejam literalmente desenhados por um lápis/caneta numa mão. 
  3. Por outro lado, também podemos criar efeitos aceleradores como textos e imagens prontas, que podem ser completados pela mão, encurtando o tempo do trabalho.

Para saber mais detalhes sobre Avaliações de Desempenho e de Resultados ou whiteboard e outras técnicas usadas no campo do aprendizado, entre em contato com a MicroPower.

Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+
Os comentários estão fechados