Learning Management System

O LMS tornou-se uma ferramenta importantíssima para as empresas que buscam capacitar e fortalecer o time de colaboradores

Imagine duas engrenagens de um relógio girando em perfeita sincronia para que a hora esteja sempre certa. Agora, pense que uma das engrenagens seja seu LMS (Learning Management System), a outra seja o curso e-Learning e o resultado disso seja um sistema de treinamento funcionando em perfeita ordem, com os funcionários aprendendo e aumentando a produtividade.

O LMS tornou-se uma ferramenta poderosa e importantíssima para as empresas que buscam investir em treinamentos para fortalecer sua estrutura de educação continuada, tendo como objetivos principais desenvolvimento, alta performance e, consequentemente, melhores resultados para os negócios.




Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

Tendências: os treinamentos mais utilizados pelas organizações

As tendências em formatos de treinamento que irão ajudar a alavancar a performance de seu time

Você já deve ter percebido que os programas de treinamento e desenvolvimento de pessoas estão cada vez mais relacionados com as estratégias das empresas. Com a economia passando por “certa turbulência”, custos aumentando, bem como a competitividade entre as empresas concorrentes, nunca foi tão necessário (ou nunca se pensou que fosse) unir interesses e necessidades de capacitação do colaborador aos objetivos e metas do negócio.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

Resultados a partir do e-Learning

Confira quatro elementos que todos os projetos de e-Learning bem-sucedidos têm em comum

Não há uma fórmula para o sucesso de um projeto em formato e-Learning. O que funciona para um curso ou empresa pode perder completamente o sentido para outra marca ou proposta. No entanto, existem quatro elementos que aparecem em todos os projetos de e-Learning bem-sucedidos. Confira quais são eles!



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

Avaliações de desempenho e resultados + whiteboard

Saiba como explorar os resultados obtidos em sua organização por meio do whiteboard, técnica de comunicação que pode ser usada no campo do aprendizado

Antes de pensar em um conjunto de soluções para melhorar o desempenho e os resultados de seus colaboradores, é preciso fazer uma análise dos mesmos. Isso porque Análises de Desempenho e de Resultados ajudarão a determinar a exata natureza de problemas e oportunidades de performance. 



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

Aprendizado personalizado

Como personalizar o aprendizado em sua organização

No último post, destacamos a importância de oferecer ao colaborador aquilo que ele realmente quer e necessita como aprendizado. Conforme mencionamos, pesquisas e muito diálogo, tanto com líderes quanto com o time, podem ajudar bastante a entender que tipo de conteúdo será útil; por onde e quando as pessoas acessam o material; e o que elas preferem: vídeos, podcasts, microtextos, imagens, avaliações, pesquisas em sites.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

Desafio do mobile learning: entregar ao colaborador aquilo que ele realmente quer

Importantes providências ao elaborar uma estratégia de aprendizado mobile

Quando bem-feita, planejada e implementada de acordo com as necessidades e possibilidades do negócio e dos colaboradores, a aprendizagem móvel traz diversas vantagens para ambos – aumento de produtividade, satisfação, qualidade de vida e melhorias em produtos e serviços são apenas algumas delas. 



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

Três dicas de mobile learning

O que deve ser avaliado em sua estratégia de mobile learning

Por ser mais dinâmica e flexível, grande parte das empresas quer evoluir rapidamente para uma estratégia de aprendizado mobile. Natural, afinal, ela também é preferida pelos colaboradores, que já estão acostumados a andar com seus dispositivos “a tiracolo” durante o dia todo.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

Tendências de aprendizado: mobile learning e gamification

Crie uma experiência de aprendizado extremamente prazerosa para os colaboradores investindo em mobile learning e gamification

Como criar treinamentos engajadores? Como desenvolver um treinamento efetivo com verba reduzida? Como simplificar um conteúdo muito técnico? Essas são algumas das dúvidas dos profissionais de treinamento. Nada mais natural, se levarmos em consideração o ritmo frenético do mercado, as novas tecnologias e a necessidade constante de atualização e capacitação dos colaboradores.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

A estrutura do mobile learning

Informação passada de pouquinho em pouquinho (por pílulas), de forma assertiva e com baixo custo: o que sua empresa está esperando para investir nessa estratégia?

Aumento no número de dispositivos móveis, facilidade de acesso às informações, falta de tempo e, claro, orçamentos reduzidos para treinamento: esses são fatores que, definitivamente, estão mudando muito a maneira de conceber, desenvolver e entregar o e-Learning



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

As vantagens do mobile learning para o setor financeiro

Soluções de m-Learning podem realmente beneficiar o setor

Os dispositivos móveis já fazem parte dos “instrumentos de trabalho” de profissionais do dinâmico setor financeiro – bancos, seguradoras, empresas de cartão de crédito, entre outras instituições. Mas além do acesso a informações fresquinhas sobre mercado e catálogo de produtos, smartphones e tablets têm se revelado bastante úteis no quesito aprendizagem.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+
MicroPower | e-Learning: um bom investimento para a sua organização

e-Learning: um bom investimento para a sua organização

As mesmas tecnologias podem automatizar e racionalizar uma série de processos de aprendizado, reduzindo ou eliminando ineficiências e evitando custos para a empresa

Depois do crescimento das universidades corporativas, físicas e com aulas presenciais, na década de 1990, foi a vez do Ensino a Distância (EaD) ganhar espaço no mercado de trabalho. Com a internet e o desenvolvimento de novas tecnologias, o e-Learning possibilitou às instituições e seus colaboradores mais flexibilidade, facilidade e rapidez no processo de capacitação e desenvolvimento. 

Nick van Dam inclusive destaca em seu livro 25 Melhores práticas em aprendizagem e desenvolvimento de talentos o fato de “as mesmas tecnologias poderem automatizar e racionalizar uma série de processos de aprendizado voltados a negócios, com isso reduzindo ou eliminando ineficiências e evitando custos, além de possibilitarem a criação do aprendizado autodirigido”.

De acordo com o especialista, tais entraves ou “ineficiências” ocorrem especialmente em quatro áreas fronteiriças críticas. Confira quais são elas e como o e-Learning impacta positivamente em cada uma! 

Integração com o negócio – Sabemos que a integração do aprendizado à prática é sempre um desafio. Mas com a internet e o avanço das novas tecnologias, o e-Learning facilita que o aprendizado seja integrado com a gestão do conhecimento e a colaboração, enquanto remove as barreiras do tempo e da localização.

Compressão de tempo para o domínio do aprendizado – Questões como falta de tempo e a dificuldade para cruzar agendas de profissionais de localidades e departamentos diferentes acabam por limitar o aprendizado presencial e reduzir o número de cursos ou participantes em sala. Além disso, sabemos que o conhecimento aprendido em sala de aula não é praticado e imediatamente aplicado pelos colaboradores. É aí que o e-Learning entra para tornar o aprendizado disponível no momento e no local onde seja necessário. As comunidades de prática ainda podem garantir que o conhecimento e a experiência sejam compartilhados bem após o fim da sessão em sala de aula.

Redução de custos no fornecimento de aprendizado – O e-Learning pode eliminar ou reduzir custos com impressão de materiais de treinamento, transporte, hospedagem, alimentação, locação de espaços, coordenação de eventos, entre outras despesas de uma organização. No geral, os programas online são concluídos em menos tempo que os presenciais e possibilitam a aplicação instantânea à realidade diária, isto é, às práticas do colaborador. 

Melhorias de qualidade na experiência do aprendizado – Os cursos de e-Learning podem ser distribuídos em uma versão com qualidade consistente em todas as regiões do mundo. Além disso, podem ser atualizados, aprimorados e distribuídos com muito mais rapidez e facilidade. Enquanto as salas de aula dificilmente conseguem acompanhar a velocidade da informação, o que requer mais “retreinamentos” ou atualizações de materiais usados em treinamentos – resultado: mais custo e menos produtividade. 

Em tempos como os atuais, garantir que o negócio e os colaboradores continuem a desenvolver-se independentemente dos impactos da crise é um diferencial e tanto para uma organização. "Investimentos em aprendizado asseguram a vantagem competitiva e suportam um acesso individual ao desenvolvimento independentemente dos períodos de alta ou queda na economia", destaca Nick van Dam.

Por isso, garanta que a estratégia de aprendizado e desenvolvimento em sua organização esteja diretamente voltada para as necessidades do negócio. Entre em contato com os especialistas da MicroPower e saiba como conquistar a alta performance organizacional!

Referência: 25 Melhores práticas em aprendizagem e desenvolvimento de talentos, de Nick van Dam

Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+
Os comentários estão fechados