Como as redes sociais podem ajudar seu e-Learning

Podemos aproveitar o que há de melhor nas redes sociais para aplicar nos treinamentos

O acesso às redes sociais foi incorporado à rotina da maioria dos brasileiros. Desde o Orkut, a porta de entrada para as outras redes, muitas outras novidades vieram e ganharam adeptos, entre elas, Facebook, Twitter, LinkedIn, YouTube, Flickr, Instagram, Pinterest e Snapchat.

Momentos de descontração, entretenimento, atualização e capacitação; ferramentas para estreitar laços e fazer contatos; plataformas para fazer negócios e gerar oportunidades: você já parou para pensar no papel que as redes assumiram em nossa sociedade? E como essas redes podem ser úteis no campo do e-Learning? 

Não somente para trabalhar a comunicação e o compartilhamento de dados entre a audiência, podemos aproveitar o que há de melhor nas redes sociais (os conceitos mais inovadores) para aplicar nos treinamentos. O uso de diferentes mídias, a interação social, a exatidão ou brevidade textual. Confira algumas ideias interessantes sobre o tema!

Microlearning – É claro que você não precisa resumir todo o conteúdo em 140 caracteres. Mas pode aproveitar esse tipo de proposta para criar pílulas de conhecimento – microtextos complementares que destaquem as principais ideias de seus conteúdos e áudios ou vídeos curtinhos para explorar alguns desses temas.

Customização – Pense no exemplo do Instagram, rede em que o usuário pode “customizar ou adaptar” sua experiência, de acordo com os assuntos que tem mais interesse. Tudo de maneira simples, administrando os usuários que segue e fazendo buscas por palavra-chave. Vamos levar essa ideia para os treinamentos. Não há motivo para criar algo massificado, que não tenha relação alguma com seu colaborador. Fique de olho nas necessidades e preferências do time, elas devem ser sua prioridade. Faça entrevistas, avaliações, acompanhe suas atividades e, então, crie algo que ajude a conectar seu colaborador à informação.

Fácil acesso – Buscas, atualizações, upload de imagens e vídeos, enfim, toda a navegação nas redes sociais é intuitiva. Leve essa experiência para seus cursos, pois se os usuários tiverem dificuldades, você pode se deparar com um grande número de desistências. O investimento em uma plataforma que simplifique o acesso dos colaboradores é essencial. 

Acesso online e off-line – Pense no Facebook, por exemplo, rede em que os usuários sobem uma imensidão de arquivos (fotos, vídeos, áudios) e compartilham com sua rede, sabendo que todos os dados estão sendo armazenados em outro local (sem ocupar a memória de seus dispositivos). Da mesma forma, seu sistema deve ser robusto e inteligente, possibilitando que o colaborador acesse o material da maneira mais conveniente (on ou off). Como o MicroPower Performa, que disponibiliza cursos, questionários, avaliações e pesquisas online. Suas funcionalidades de tutoria avançada permitem a criação de um ambiente de aprendizagem com interação entre alunos, intercâmbio de arquivos, informações e trabalhos com ou sem a mediação e coordenação de um ou mais tutores ou instrutores. 

Interessado em mais informações sobre soluções de e-Learning? Então entre em contato com os especialistas da MicroPower e comece a desenvolver seus talentos de maneira efetiva! Acesse: www.micropower.com.br

Referência: Portal eLearning Industry

Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+
Os comentários estão fechados