Alta Performance: mantenha o progresso

Manter o desenvolvimento em uma organização requer investimento em inovações não só tecnológicas, mas também conceituais e comportamentais

Para atingir os melhores resultados nos negócios, é preciso estar atento ao que os clientes buscam e desejam como inovação, ao que os concorrentes estão fazendo, à melhoria de processos e equipamentos, ao desenvolvimento dos colaboradores, entre tantos outros fatores.

No campo do Treinamento e Desenvolvimento de pessoas é necessário o mesmo investimento em ações e tecnologias. “Mover-se além do pensamento dominante e das percepções do e-Learning provavelmente demandará que você reinvente o modo como o trata e o pratica. Você deve refletir a necessidade por velocidade e eficiências maiores, e a emergência do novo pensamento sobre o aprendizado e o desempenho”, descreve Marc Rosemberg em seu livro Além do e-Learning, abordagens e tecnologias para a melhoria do conhecimento, do aprendizado e do desempenho organizacional.

Para o profissional, “chegar lá” ou manter o progresso de uma organização envolve a aderência a quatro princípios fundamentais. Confira quais são eles!

  1. Preste atenção aos sinais de alerta. Não seja complacente. Procure ao seu redor sinais indicadores de que suas iniciativas estão em apuros ou rumando para eles. Não ignore suas deficiências.
  2. Reinvente o que você faz. Se você tiver programas existentes que não estão cumprindo seus objetivos, repare-os. Analise e recrie seus processos e defina as altas prioridades, especialmente, nas áreas de identificação de problemas, avaliação de resultados e suporte à qualidade. A reinvenção nem sempre consiste em descartar as coisas que existem; preferentemente, ela é sobre melhorar o que você está fazendo e prosseguir a partir desse ponto.
  3. Redefina seu mundo. Expanda os parâmetros do que o aprendizado pode ser. Novas tecnologias e novos requisitos estão mudando o cenário do e-Learning e o papel do treinamento.
  4. Coloque-se na posição de realizar grandes feitos. Lute por um lugar na mesa – a mesa de liderança nos negócios. Significa inserir-se no ambiente de trabalho e tornar-se um parceiro valioso na solução de problemas reais de negócios com os menores prejuízos possíveis ao trabalho.
Referência: Além do e-Learning, abordagens e tecnologias para a melhoria do conhecimento, do aprendizado e do desempenho organizacional, de Marc J. Rosenberg.
Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+
Os comentários estão fechados