Gamificação como estratégia para adesão às ações de treinamento e desenvolvimento

Um time bem treinado é um dos maiores trunfos de uma organização, mas atingir locais remotamente requer inovação

Já pensou na possibilidade de utilizar mecanismos de jogos para engajar Pessoas, promover o aprendizado e solucionar problemas? Se ainda não, é melhor ficar atento a essa tendência que vem revolucionando a forma de ensinar e aprender dentro do ambiente corporativo. 

Muitas organizações encontraram na gamificação a resposta para atrair seus colaboradores aos treinamentos. Eles estão usando mecanismos de jogos como rankings, badges, lista de eventos e até loja virtual para resgate de pontos e milhagens, tudo para envolver os colaboradores, aumentar a produtividade e impulsionar o sucesso dos negócios

Um novo conceito e dinâmica no aprendizado corporativo

Muitos profissionais dizem que o acesso a oportunidades de treinamento proporciona um elo com a organização. Mas isso não significa que você deve produzir um treinamento comum. Sua equipe não quer passar horas clicando em slides de conteúdo genéricos e chatos. Eles querem oportunidades de desenvolvimento atraentes e significativos.

Utilizar mecanismos de jogos oferece a oportunidade de promover uma competição saudável, reconhecer, premiar e recompensar o esforço do colaborador. Essa estratégia de treinamento aumentará a retenção de conhecimento dos funcionários. Afinal, quando o treinamento é prazeroso e recompensador, abandoná-lo será a última coisa que passará pela cabeça de seu colaborador. 

Envolver os funcionários

Os esforços com a transformação de negócios falham devido à falta de engajamento. Por outro lado, a produtividade da equipe dispara quando o engajamento dos funcionários é alto. É fácil perceber o motivo. Quando sua equipe se sentir emocionalmente conectada à missão de negócios, eles farão o esforço extra para alcançá-la. Então, como você pode aumentar o engajamento?

Um bom lugar para começar, é mostrar ao seu time que eles são importantes para a organização.  Quando os colaboradores sentem que sua contribuição é valorizada, seu envolvimento aumenta. No entanto, muitos profissionais não se sentem valorizados em seus trabalhos. E utilizando as ferramentas certas, você pode mudar isso. As recompensas virtuais são as alternativas perfeitas de reconhecer e celebrar regularmente os esforços de cada colaborador. Você pode recompensar funcionários com medalhas personalizadas em sua plataforma gamificada para reconhecer quando sua equipe foi além. Toques pessoais como este mostram a cada funcionário que seu trabalho e desenvolvimento é valorizado. 

Criar uma comunidade de aprendizagem 

Não são apenas os especialistas ou líderes que têm algo importante a dizer. Cada um dos membros de sua equipe desempenha um papel vital na criação de uma cultura de aprendizagem informal. Isso é importante porque a aprendizagem informal é responsável por muito do que sabemos. Inclui tudo o que aprendemos das interações sociais. No entanto, nutrir esses processos sociais pode ser um desafio! Como você pode incentivar o compartilhamento de conhecimento em todos os níveis de negócios. 

À medida que cada funcionário interage com a plataforma e conclui os treinamentos, as conquistas ficam visíveis (ou não) para a equipe. O feedback dos colegas impulsiona o envolvimento com a plataforma. 

Vale o investimento 

Uma das tarefas mais importantes de qualquer departamento de gestão de Pessoas é mostrar que o treinamento vale o investimento contínuo. Mostre evidências claras de retorno do investimento. Mas como?

As ferramentas de gamificação permitem que você identifique padrões de engajamento. À medida que seus colaboradores concluírem o treinamento e interagirem com a plataforma, eles receberão recompensas virtuais, subirão na Tabela e de nível. Observar os recursos gamificados é uma maneira simples de ver se o treinamento é envolvente e funcional. Quanto mais alto o nível de sua equipe, mais engajados estarão com o conteúdo.

Quer saber se realmente esse método é engajador?

A Montadora japonesa Nissan, Cliente MicroPower, foi pauta em 2017 da revista IstoÉ dinheiro contando como a organização melhorou seus processos por meio da gamificação. Na matéria, a gerente sênior de treinamento e qualidade, Lilian Poppi, contou como utilizam esse método. Composta por dez etapas, em que cada uma dura um mês, essa estratégia prepara os vendedores nos aspectos de relacionamento com o público e conhecimentos sobre os produtos. Para motivá-los, a empresa divulga rankings com os melhores jogadores de cada loja do País. Ao final de todas as fases, há uma cerimônia para o reconhecimento formal do melhor vendedor da empresa no Brasil. Confira a matéria na íntegra. 

Outros exemplos práticos, são das principais empresas de Telecom: Claro, Telefônica Brasil e Oi, que compartilharam durante o Congresso Learning & Performance Brasil 2017-2018 sobre como estão aplicando estratégias de gamification em suas plataformas de LMS e treinamentos.

As Organizações apresentaram suas iniciativas e seus resultados nessa área, para ajudar a desenvolver melhores práticas de engajamento de Colaboradores nos treinamentos e, consequentemente, melhorar a performance organizacional.  Veja a matéria na íntegra. 

Quer saber mais? Entre em contato com nossos especialistas. 

Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+
Os comentários estão fechados
MicroPower | Como potencializar o treinamento com video based learning

Como potencializar o treinamento com video based learning

Particularidades dos vídeos que deixam o e-Learning muito mais eficaz e convidativo

Talvez pela facilidade para a compreensão da informação que esse tipo de mídia proporciona à audiência ou pelo formato menos cansativo e mais envolvente da combinação de imagem, som, roteiro e outros efeitos, o consumo mundial de vídeos tem aumentado com muita velocidade.

As empresas estão investindo muito na criação de tutoriais, videoaulas e até séries com atores interpretando situações da vida real. Mas não é tão simples desenvolver um plano de aprendizado por meio de video based learning. Adiantamos que a atenção aos detalhes de produção é essencial. 

Separamos algumas dicas para você não se perder no meio do caminho. Boa leitura e um excelente trabalho!

  • Tenha uma ideia clara de quais são os objetivos de aprendizado de seus vídeos. Isso porque estabelecer tais metas irá ajudar a “desenhar” ou criar o material – quais elementos irá usar, como ilustrações, cenários reais, locução, personagens etc.
  • Mantenha os vídeos curtos, caso contrário você vai perder a atenção de seu colaborador. Lembre-se das pílulas de aprendizado: seus vídeos devem ser breves, simples e diretos. Se você tem muitas informações, um módulo muito grande, quebre esse conteúdo em vídeos curtos de um ou dois minutos. Para tanto, inclua mais elementos visuais e narração (prepare um breve roteiro que suporte as ideias apresentadas) e menos texto. 
  • Insira legendas em seu vídeo, pois além de facilitar a vida dos colaboradores com problemas de audição ou até de colaboradores estrangeiros, as transcrições irão aumentar o envolvimento da audiência e a taxa de conclusão do módulo.
  • Simule o procedimento para ajudar o colaborador a compreender o passo a passo. De acordo com uma pesquisa realizada por Kelvin Miller, adultos retêm apenas 10% do que ouvem após 72 horas, mas são capazes de lembrar 85% do que ouvem, veem e fazem após as mesmas 72 horas. Por tanto, invista em vídeos de tutoriais interativos. Se o objetivo é a utilização de um sistema, você pode gravar todo o processo (como logar, onde clicar, atualizações) fazendo uma simulação de uso. O mesmo vale para produtos como máquinas agrícolas, esteiras transportadoras, equipamentos da indústria alimentícia ou automobilística, registre cada componente e a sequência de todos seus comandos, isso fará com que o colaborador vivencie a experiência e compreenda melhor o processo.

Você pode ainda deixar os vídeos disponíveis em uma plataforma robusta, escalável e adaptativa para a realização dos treinamentos corporativos, educação a distância, TV na internet e transmissões ao vivo. Sabe como? O MicroPower Media Services possibilita a gestão e a distribuição de vídeos com streaming adaptativo à velocidade de conexão do usuário e o suporte aos principais protocolos de streaming existentes. Para mais informações, entre em contato com nossos especialistas.


Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+
Os comentários estão fechados