5 arquétipos para você usar em seu e-Learning

Um bom personagem irá engajar seu colaborador e fazer com que o conteúdo fique de fato registrado em sua memória

 

O colaborador pode muitas vezes não se lembrar de todos os conceitos vistos em aula, mas eles certamente irão guardar na memória um personagem cativante. Por isso, uma das melhores maneiras para chamar a atenção da audiência é trabalhar com arquétipos, claro, sem tornar seus personagens muito caricatos.

 

Selecionamos alguns dos mais clássicos arquétipos para você conhecer e adaptar em, praticamente, qualquer tipo de situação. Confira!

 

O herói

Este não é necessariamente um personagem com força física somada a uma coragem inabalável. Um herói é acima de tudo alguém determinado a realizar uma ação, uma pessoa com um propósito muito forte. Você pode usar esse tipo de personagem para demonstrar como um aprendiz pode se esforçar e evoluir para se tornar um profissional habilidoso e capaz de cumprir suas tarefas. Essa figura pode até representar um líder, decidido a lutar para descobrir a melhor maneira de transmitir conhecimento e gerir sua equipe.

 

O aventureiro

Um personagem que se propõe a explorar novos mundos para melhorar sua condição atual pode ser uma excelente maneira de trazer participantes para seu curso, isso porque muitos se identificarão com esse tipo de situação (pela própria necessidade de mudança e evolução). Opte por usar esse tipo de personagem em cursos de e-Learning que explorem o empreendedorismo, busca por novas atividades e crescimento (pessoal e profissional).

 

O mago

O “mago” é alguém que tem o poder de transformar uma história. Este personagem age como uma espécie de transformador, que procura maneiras de usar o seu poder para mudar seus arredores, gerando benefícios para todos. Ele tem potencial para ser um vilão ou mocinho, podendo representar, por exemplo, o tipo de profissional que tem todo o conhecimento para obter grandes resultados, porém empurra as coisas para outra direção; bem como pode ser um inovador, que diante de uma dificuldade consegue propor estratégias para vencer na crise.

 

O condutor

Muitas histórias precisam de um líder, mas a questão é: em sua história, o líder irá dominar ou orientar? Ele tem potencial para ser bom ou mau, por isso pode assumir qualquer uma dessas facetas. Assim, o personagem pode inspirar os alunos a assumirem o controle de suas próprias vidas ou servir como um lembrete de que não se pode controlar os outros, mesmo estando em uma posição de gestão.

 

O comum

Estranhou o título? Mas às vezes você irá precisar exatamente disso: um personagem que represente o homem comum; alguém para que seus colaboradores se identifiquem facilmente. Esse tipo de personagem tem cadeira cativa em quase todos os cursos e pode ser usado para contrastar com outros personagens. Ele também pode ser usado para cursos que tenham como objetivo transmitir a importância da empatia, como um treinamento para profissionais da área de serviço de atendimento ao cliente (SAC).

 

Estúdio de Conteúdos MicroPower -  O Estúdio de Conteúdos da MicroPower realiza a gestão eficiente dos projetos de desenvolvimento de novos cursos, com a participação de especialistas experientes nas diferentes etapas de produção. Com metodologia exclusiva e uma equipe multidisciplinar composta por coordenadores de projeto, designers instrucionais, ilustradores, programadores, tradutores, revisores, locutores e profissionais de QA (quality assurance), o Estúdio de Conteúdos cria tutoriais de sistemas, vídeos, games educacionais, animações, entre tantas possibilidades para a gestão de talentos e treinamento. 


Referência: Shift eLearning Blog

Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+
Os comentários estão fechados