e-Learning para treinar o varejo

Soluções de e-Learning podem beneficiar o setor até mesmo em tempos difíceis 

De acordo com o mais recente boletim do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), janeiro de 2016, o varejo restrito apontou queda real de -7,8%, atingindo o segundo pior resultado da série histórica na comparação anual. Cenário delicado, influenciado pelo momento de instabilidade que vive o Brasil e consequente insegurança do consumidor. 



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

Soluções educacionais de acordo com as necessidades de seus colaboradores

Fique por dentro do trabalho e das soluções do Estúdio de Conteúdos da MicroPower

Já conhece o Estúdio de Conteúdos da MicroPower? É aqui que a fórmula TECNOLOGIA + EDUCAÇÃO cria soluções educacionais para que sua empresa possa oferecer treinamentos únicos!



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

Curso desenvolvido pela MicroPower apresenta as principais mudanças do Novo Acordo Ortográfico

Os clientes da MicroPower já podem adquirir o curso “De Acordo com o Novo Acordo” para entenderem cada detalhe das novas regras

Após seis anos de transição, o acordo ortográfico assinado com mais sete países de língua portuguesa entrou oficialmente em vigor no Brasil em 1° de janeiro de 2016. Queda do trema, novas regras para uso do hífen e acentos diferenciais merecem atenção. Confira o que mudou!



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

Soluções educacionais

Confira algumas das soluções educacionais disponíveis para melhoria do aprendizado corporativo (algumas, pois a lista é grande e faremos novos posts sobre o tema)

Dezembro já está acabando e se você ainda não parou para avaliar como foi o ano de 2015 para os talentos de sua instituição, está mais do que na hora de fazer isso. Suas pesquisas e levantamentos devem contar com perguntas como as seguintes: 

  • Quais cursos fizeram mais sucesso entre o time?
  • Houve muita desistência ou o número de participantes aumentou? 
  • Como estava o desempenho em 2014 e como foi a performance em 2015?
  • Quais soluções educacionais fizeram a diferença para seus colaboradores? 
  • Você inovou ao propor outros tipos de conteúdo e diferentes soluções?




Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

Podcast: uma solução educacional prática e eficaz para sua equipe

A principal vantagem do podcast é sua flexibilidade: o formato permite que o ouvinte acompanhe o conteúdo enquanto se locomove ou realiza outras atividades

Com origem em meados dos anos 2000, os podcasts – junção de “iPod” com “broadcast” (transmissão, em inglês) – sempre fizeram parte da vida digital. Populares nos Estados Unidos, eles foram chegando de mansinho no Brasil até conquistarem grande espaço com a popularização dos smartphones. Conforme dado fornecido pela consultoria GfK ao blog Link, do Estadão, 111 milhões de aparelhos foram vendidos no país entre janeiro de 2013 e outubro de 2015.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

Animações engajam o time e ajudam a reter o conhecimento

Facilitadoras do aprendizado, as animações garantem que conteúdos relevantes, muitas vezes densos, sejam transmitidos de maneira leve, porém efetiva

A palavra animação vem do latim ANIMA e significa “alma”, “sopro vital”. De acordo com o site InfoEscola, a história da animação “perde-se nas brumas do tempo” e vem desde a época dos registros de imagens nas paredes das cavernas. Com a tecnologia, as animações tornam-se cada vez mais sofisticadas. Mas bem além da arte do movimento, o mercado já as reconhece como ferramentas extremamente importantes no processo de compreensão e retenção do conhecimento. 



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

Blended Learning

Há diferentes maneiras de combinar as atividades presenciais e a distância, lembre-se disso antes de elaborar o projeto de seu próximo treinamento

O Blended Learning, também conhecido como aprendizado híbrido ou solução mista, designa a forma de aprendizado em que os cursos são ministrados por meio da fusão de ensino a distância e presencial. Ele só foi possível graças ao avanço das tecnologias digitais de informação e comunicação, que proporcionaram a colaboradores e instrutores, entre outras vantagens, mais flexibilidade e autonomia. 



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

Solução Educacional: o que é preciso para chegar lá?

Muitas ainda definem as estratégias de suas capacitações sem uma base sólida para a tomada de decisão

Apesar de diversas empresas terem evoluído e amadurecido seu processo de LNT, muitas ainda definem as estratégias de suas capacitações sem uma base sólida para a tomada de decisão. Geralmente o formato é definido de acordo com a urgência, "modinha" do momento ou até mesmo gosto pessoal de quem demanda. No entanto, para chegar à melhor decisão e fazer um investimento assertivo é preciso levar em consideração uma série de informações. Confira algumas delas!



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+

15º Congresso Learning & Performance Brasil

Os melhores momentos do maior evento de Learning & Performance da América Latina

Com o tema A Alta Performance nas organizações: o que realmente faz a diferença?, o 15º Congresso Learning & Performance Brasil foi realizado no último dia 10, no espaço de convenções do Renaissance São Paulo Hotel, e contou com a presença de cerca de 300 profissionais entre presidentes, vice-presidentes e outros representantes de organizações privadas e públicas, nacionais e internacionais. O evento promoveu as melhores práticas e soluções tecnológicas do mercado relacionadas à gestão de alta performance e do capital humano e ao desenvolvimento de talentos, acessibilidade e aprendizado.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+
MicroPower | Blended Learning: fuja das armadilhas

Blended Learning: fuja das armadilhas

O que você deve evitar quando trabalha com práticas integradas

No post anterior (3 dicas para implementar soluções integradas de aprendizado), citamos boas práticas para a implementação da arquitetura do aprendizado e desempenho – integração de abordagens eletrônicas e não-eletrônicas que facilita o aprendizado, o apoio no local de trabalho e também melhora o desempenho humano – em uma organização. 

Hoje, vamos falar das ciladas que você deve evitar quando estiver trabalhando com práticas integradas. Confira!

#1 Não tente fazer a conversão direta entre módulos online e off-line
Conteúdo Blended Learning deve ser uma combinação de componentes online e off-line estruturados para um reforçar ao outro (e não a reprodução do mesmo conteúdo em diferentes veículos). Sempre tenha em mente que existem diferenças significativas entre o aprendizado presencial e o online. Por exemplo, não é indicado converter o conteúdo apresentado ao vivo para um formato online, sem uma boa adaptação, reforço nos conceitos, novas pesquisas de links e outras fontes, bem como análise de formatos (vídeo, áudio e texto). É preciso trabalhar o material de maneira complementar. 

#2 Não suponha que todos os colaboradores estão no mesmo ritmo
Mesmo ritmo no que diz respeito ao conteúdo e, principalmente, ao uso de tecnologia. Assumir que todos os membros do seu grupo estão familiarizados com as ferramentas é um erro. Por isso a importância de se avaliar o público-alvo desde o planejamento do treinamento. Dessa forma, você será capaz de determinar facilmente quais ferramentas e métodos são mais apropriados para seus colaboradores aprenderem no mesmo ritmo.

#3 Não se limite
A grande vantagem dos cursos híbridos é a variedade de ferramentas, estratégias e métodos que você pode utilizar para criá-los. Não é porque uma atividade em sala de aula dura uma hora, que seus módulos para mobile learning devem seguir o mesmo caminho. Respeite as particularidades de cada método e meio. Sabemos que é impossível trabalhar com conteúdo extenso na versão online. Seu objetivo é envolver a audiência, oferecendo o conhecimento com criatividade e, principalmente, efetividade. 

Referência: eLearning Industry Blog
Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+
Os comentários estão fechados