e-Learning para Baby Boomers

Conteúdo e tecnologia sob medida para seus colaboradores mais experientes

É claro que não há regras estabelecidas. Há Baby Boomers extremamente tech-savvy, bem como aqueles que não tem afinidade com as novas tecnologias. Mas é possível trilhar um caminho neutro (um meio-termo) para produzir um e-Learning de acordo com as necessidades desses públicos.

Selecionamos 4 dicas para ajudá-lo nessa missão. Confira e mãos à obra!

#1 Mantenha o conteúdo simples, pessoal e de simples compreensão
Diferentemente da Geração Y, Baby Boomers não cresceram em meio a computadores, smartphones e tablets, por isso, a tecnologia que eles utilizam precisa ser user-friendly. Dessa forma, procure manter seu e-Learning simples, intuitivo e fácil de usar. Um pequeno guia de como navegar pelo sistema, com soluções de problemas por escrito, será útil a todos os participantes. Com relação ao design, evite muitas distrações e também as fontes pequenas. Outro ponto importante: faça continuamente pesquisas com a audiência relacionadas ao conteúdo e também à tecnologia para levantar reclamações, questões ou peculiaridades.

#2 Incentive a colaboração em equipe
Baby Boomers sabem trabalhar em equipe muito bem. Por isso, o e-Learning criado para eles deve ter atividades online para colaboração entre os membros do grupo. Mesmo algo simples, como uma atividade de brainstorming, pode ser extremamente estimulante para esse público. Fóruns também são bastante proveitosos. Atenção: lembre-se de mostrar como usar todos os recursos do grupo em sua plataforma, apresentar as ferramentas para compartilhamento de dados, criação de projetos, visualização de vídeos, enfim, tudo para que os usuários possam realizar as atividades explorando ao máximo os recursos do sistema. 

#3 Feedback personalizado
O feedback merece sempre muita atenção, pois mesmo críticas construtivas podem simplesmente soar como críticas. Por isso, proporcione atendimento personalizado para dar retornos digamos “pessoais”; certifique-se de que suas mensagens sejam enviadas de maneira privada. Os usuários irão valorizar a atenção recebida e também sua discrição. Contudo, se as ideias podem ser úteis para outros colaboradores, se tiverem relação com ideias vistas em aula e com assuntos de interesse comum, poste notas públicas.

#4 Metas e marcos
Os Baby Boomers são movidos a objetivos mensuráveis. Por isso, os programas de e-Learning destinados a eles devem conter, no mínimo, uma barra de progressão ou uma lista de verificação. Certifique-se de que seus cursos são organizados com metas visíveis aos alunos com prazos e propósito claro. 

Referência: Shift eLearning Blog
Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+
Os comentários estão fechados