Destaque Nacional – Projeto: Bradesco Inteligência Artificial (BIA)

Na Edição do Prêmio Learning & Performance Brasil 2018/2019, o Bradesco Inteligência Artificial (BIA) foi reconhecido como Destaque Nacional. Confira abaixo os detalhes do Projeto.

A trajetória do Banco Bradesco mostra que a inovação sempre esteve presente em seu DNA. Protagonizando, em muitos momentos, a própria história do desenvolvimento bancário no País. 

Diante desse protagonismo e com mais de 10 milhões de usuários no aplicativo mobile do Bradesco, existia a necessidade de oferecer a esse público uma forma rápida e eficiente para o esclarecimento de dúvidas.

O Bradesco Inteligência Artificial (BIA) nasceu de uma iniciativa para abranger, coordenar e disseminar projetos de inteligência artificial e computação cognitiva. Iniciou com uma implantação interna da BIA para atender os cerca de 65 mil funcionários das agências referente a dúvidas relacionadas a produtos e serviços do banco. Com o sucesso do BIA Agências, o próximo passo foi expor a inteligência artificial para os clientes do banco esclarecendo suas dúvidas sobre diversos assuntos, oferecendo comodidade, padronização, agilidade e autonomia, com respostas comparáveis às dos especialistas do banco.

A BIA traz grandes benefícios à interação entre os clientes e os sistemas ofertados pelo banco, intermediando a comunicação homem máquina. Além de facilitar a obtenção de informações sobre produtos e serviços bancários, oferece uma nova experiência de uso do canal focada em linguagem natural, tanto escrita quanto por voz, humanizando as interações com os sistemas do Bradesco. Através da interface do aplicativo Bradesco Celular, a BIA recebe perguntas por voz ou texto e esclarece dúvidas sobre assuntos relacionados aos canais de atendimento e a diversos produtos e serviços da Organização.


O chatbot do Bradesco tem como motor de inteligência a BIA, que por sua vez, usa a solução de computação cognitiva IBM Watson. A aplicação de inteligência artificial faz com que seja possível que a solução simule o raciocínio humano e interaja em linguagem natural, respondendo perguntas e fornecendo diagnósticos de acordo com o grau de confiança em suas respostas.

Depoimentos

“Como um dos responsáveis da área gestora da BIA (Bradesco Inteligência Artificial) tive a oportunidade de acompanhar de perto uma das maiores implementações de conversação com máquina do mundo (em volume de usuários). Essa jornada trouxe diversos aprendizados, tanto no que diz respeito a técnicas e tecnologias de inteligência artificial quanto no que diz respeito a pessoas e processos envolvidos. O poder de atendimento em massa com conversação que utiliza linguagem natural é grande e impacta muitas pessoas de forma positiva. ”

Henrique Arutin Cavalcanti de Albuquerque, Gerente de Inteligência Artificial 
Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+
Os comentários estão fechados