Oito vantagens em usar o e-Learning para capacitar a força de vendas

Cada vez mais organizações estão descobrindo que o e-Learning é uma das melhores ferramentas para disseminar conteúdos de uma maneira rápida e eficaz
  
Treinar e capacitar a área comercial ou de assistência técnica de uma empresa é um grande desafio, seja essa força interna ou terceirizada. Manter técnicos e vendedores atualizados sobre o produto/serviço, as condições financeiras da negociação ou – algo muito importante – motivados para a venda ou para o atendimento ao cliente é uma tarefa difícil, mas crucial para o sucesso do negócio.

O que cada vez mais organizações estão descobrindo é que o e-Learning é uma das melhores ferramentas para fazer isso, permitindo disseminar conteúdos de uma maneira rápida, eficaz e barata.

Aqui vão oito vantagens que a sua companhia pode obter ao optar pelo e-Learning na capacitação da força de vendas/assistência técnica:

1- Objetividade / Pílulas curtas

Cursos longos não são produtivos. Um bom formato de treinamento por e-Learning permite passar a informação na dose certa e de uma maneira útil.

2- Acompanhamento

Cursos / pílulas com links para atividades diárias ajudam a firmar conceitos e mostrar a sua aplicabilidade prática – essencial para a aprendizagem – e permitem que gestores e/ou equipes de desenvolvimento supervisionem o trabalho dos treinandos.  

3- Agilidade

Além de incômodo e ecologicamente incorreto, o treinamento baseado em materiais impressos fica desatualizado rapidamente. Qualquer alteração implica uma verdadeira operação logística de substituição de apostilas e folhetos por novos materiais. No e-Learning, tudo é digitalizado e qualquer atualização pode ser feita rapidamente. E com uma vantagem extra: a plataforma pode gerar um aviso ou notificação sobre a alteração e mostrar onde ela ocorreu.
 
4- Mobilidade

Com o e-Learning, o vendedor ou o técnico pode acessar o conteúdo a qualquer momento e a partir de qualquer lugar. Seja no escritório, em casa, na rua ou nas instalações do cliente.

5- Consulta rápida

Os conteúdos podem ainda ser desenhados para ter uma função dupla – permitindo fazer o curso e servir material de consulta/referência, ao mesmo tempo. Isso permite aquela conferida básica antes de entrar na visita ao cliente, consultando temas já cursados.

6- Apoio na venda

Quem vende sabe como é importante, numa apresentação, poder mostrar ao cliente ou potencial comprador o funcionamento de um produto ou a aplicação de uma solução. A plataforma pode disponibilizar vídeos ou animações que servem tanto para capacitar o técnico como para encantar um potencial cliente.

7- Capacidade de negociação

Muitas vezes, fechar ou não uma venda depende apenas da flexibilidade de negociação e da autonomia para definir condições financeiras. Uma boa plataforma de e-Learning pode manter sua equipe de vendas atualizada em tempo real sobre qualquer alteração em termos de preços, prazos, margens e taxas.

8- Engajamento e motivação

Formatar o curso numa estratégia de Gamificação é uma ótima ideia para vendedores, que são especialmente impactados por premiações e reconhecimento. Esta é uma ideia especialmente eficaz no caso de forças de vendas terceirizadas, quando os meios tradicionais de reconhecimento a colaboradores não podem ser aplicados. 

Tem interesse em saber mais sobre capacitação da força de vendas usando o e-Learning? Entre em contato com nossos especialistas.
Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Google+
Os comentários estão fechados